Home / Academia / Descanso na musculação

Descanso na musculação

Nos dias de hoje, com toda a imposição social e a cobrança por ter o corpo perfeito acabam fazendo com que muitas pessoas frequentem as academias todos os dias, por horas e horas. Mas o que poucas dessas pessoas sabem é que isso pode atrapalhar no desenvolvimento, minimizando os resultados. O descanso na musculação é fundamental para obter mais resultados.

As academias estão sendo cada vez mais procuradas por pessoas que desejam perder gordura e ganhar mais massa muscular.

Mas, muitas vezes isso acaba virando obsessão e sem a orientação de um profissional isso pode acabar prejudicando seu desempenho.

Nesse artigo explicaremos a você por que são importantes os descansos na musculação entre os dias de treino. Eles acabam, não minimizando, mas, sim, maximizando resultados de quem deseja o corpo ideal.

Por que precisamos do descanso na musculação?

Para o corpo ganhar massa muscular ele precisa passar pelo processo de exaustão, que acontece no nosso treino de força.

Quando praticamos atividades físicas temos um aumento no consumo de glicogênio, que é a nossa fonte de carboidrato.

Precisamos de 48 horas, ou mais (dependendo da intensidade do exercício), para que nosso corpo faça a ressíntese de glicogênio.

Após a síntese de glicogênio, entre um período de 24 a 48 horas, temos a síntese proteica, que é responsável pela regeneração das fibras do nosso músculo após o desgaste.

Esse pico de produção de proteína é extremamente importante para a hipertrofia. Se trabalharmos a região novamente antes desse tempo, os resultados são comprometidos.

Ou seja, se você não respeitar o descanso na musculação, o músculo não conseguirá fazer síntese de glicogênio e nem proteica.

Então, é importante que se trabalhe partes diferentes do corpo em dias alternados de treino, para que haja tempo do seu corpo se recuperar. Dessa maneira, seu corpo ganhará mais massa muscular.

O que acontece se não dermos um descanso para os músculos?

Quando você não respeita o descanso na musculação, a queda no ganho de massa muscular é só o começo.

O desgaste frequente dos músculos e a falta de tempo para sua recuperação efetiva vão deixá-los constantemente cansados.

Isso causará uma queda no rendimento ao fazer exercícios físicos, além de muitas dores que começarão a surgir.

Problemas com lesões musculares, de overtraining, inflamações e até um aumento no índice de estresse passarão a acontecer.

O descanso na musculação é tão importante que especialistas recomendam malhar à noite e dormir logo em seguida, evitando desgaste do dia a dia. Respeitar o descanso na musculação é a melhor forma de treinar.

Descanso na musculação

Alimentos que regeneram o músculo

Já explicamos que o descanso na musculação é extremamente importante para que dê tempo dos nossos músculos se regenerarem e que o processo de hipertrofia seja realizado.

Consumir determinados alimentos também ajudar na recuperação muscular e no ganho de massa.

Então, se você quer estar em forma, não adianta entrar em dietas super-restritivas que não atendam ao consumo energético que as fibras do seu músculo estão exigindo.

Confira algumas dicas e alimentos que, em conjunto com o descanso na musculação, auxiliarão no ganho de massa e recuperação:

  • Tome um café da manhã reforçado.
  • Aposte em alimentos ricos em proteínas para ajudar na recuperação das fibras.
  • Coma fontes de carboidratos antes do treino.
  • Coma carnes nas refeições principais.
  • Não deixe de incluir tubérculos nas suas refeições.
  • Ovos, leite, frutas, iogurtes naturais, alimentos integrais e leguminosas são alimentos que irão ajudar na recuperação.

Se você prática exercícios físicos e deseja melhor seu desempenho, e a saúde do seu corpo também, não esqueça do descanso na musculação e dê o tempo para seus músculos se recuperarem!

Sobre rafael

Veja Também

5 Estratégias para ter um Bom Lucro

Existem várias estratégias para ter um bom lucro, dizem por aí, mas a verdade é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *